Compartilhe

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Campanha de desarmamento do Uruguai vai trocar armas por bicicletas




O ministério do Interior do Uruguai oficializou nesta terça-feira (29) o programa do governo do presidente Jose Mujica para iniciar uma campanha do desarmamento no país, conhecida como “Armas para a Vida”.
Segundo o jornal uruguaio El Observador, o programa procura incentivar a devolução de armas de fogo oferecendo em troca uma “ceibalita” – um laptop uruguaio – ou uma bicicleta.

O programa de desarmamento cria incentivos, brindando os cidadãos que devolverem armas de fogo. “O cidadão que entregar uma arma recebe outra: uma arma para a vida. Pode ser uma arma de conhecimento, a ceibalita, ou uma para a saúde e exercício, a bicicleta”, diz o comunicado do ministério.

Além da troca, o ministério irá enviar ao Parlamento uruguaio uma nova legislação sobre armas para facilitar a legalização de cidadãos que possuem armas irregulares.
Para o governo uruguaio, grande parte das armas de fogo que hoje estão em posse de ladrões ou criminosos foram roubadas de cidadãos que resolveram se armar no passado. O governo não tem números precisos da quantidade de armas irregulares no país, mas segundo o jornal El País, de Montevidéu, são cerca de 580 mil armas de fogo registradas. Outro jornal uruguaio, a Red21, estima que o Uruguai está entre os dez países com maior proporção de armas em relação ao tamanho de sua população.

Fonte:http://colunas.revistaepoca.globo.com/ofiltro/2013/01/30/campanha-de-desarmamento-do-uruguai-vai-trocar-armas-por-bicicletas/
Foto: o presidente do Uruguai, Jose Mujica. Luis Hidalgo/AP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares